janeiro 01, 2011

- Breviário [1] (Frases)

(Épocas Várias)


Amor

"O amor não se define pela razão, mas pela falta dela."

"Amar, mais do que um sentimento, é uma decisão."

"Se amamos a nós mesmos, saberemos transbordar esse amor para a vida e aos tantos que estejam nela. Mesmo de passagem, mesmo que não saibam, mesmo que não fiquem."





















Mulheres

"São tantas que me perco... em cada uma encontro um plural cujo coletivo é única."

"Certas mulheres não deveriam se casar, é uma inaceitável forma de capitalismo."

"O melhor das mulheres é descobrí-las."
 (Carlos Ruiz Zafón)

" Saber, ninguém sabe (sobre as mulheres), nem Freud, nem elas mesmas, mas isso é como a eletricidade, não é preciso saber como funciona para tomar um choque."
 (Carlos Ruiz Zafón)

“Sou o tipo certo de mulher errada e tenho todos os defeitos de uma mulher perfeita”
  (Nádia / Perfil Orkut)


Relacionamentos

"Em geral, estranham muito minha convicção na solteirice. Acreditam que é alguma doença. Não entendem que é apenas uma forma particular de apreciar cada pessoa e estar, de fato, em sua companhia."

"Quase todos meus relacionamentos foram abertos, especialmente nos últimos anos. Não penso em mudar, embora às vezes bata uma vontade de ser normalzinho... Gosto de viver só, gosto de ter liberdade mesmo que não a use, gosto de dar liberdade a quem sabe usá-la. Mais importante do que a exclusividade é a lealdade, a mais perfeita forma de respeito."

"Na verdade, não busco relacionamentos, eles acontecem e então tento adaptá-los ao meu estilo de vida e pensar. Na maioria das vezes, é ai que o bicho pega."

"Dizem que o ciúme tempera a relação. Para mim não tempera nada, em qualquer intensidade trata-se de sentimento de posse. E fica sufocante quando o praticante acredita que tem direito a ele."

“Comprem-me como sou, um produto acabado e pronto para o consumo.
  Não aceito encomendas.”


Fakes

"Para mim fake, qualquer fake, é personagem. É dessa forma que interajo com ele, como estivesse participando de uma cena, ele no seu papel e eu real... Posso ser indiferente, simpatizar com ele, aprender com ele, sofrer junto, me apaixonar, odiá-lo ou endeusá-lo, mas seu destino não me preocupa, mesmo que morra no final. É um game no qual me envolvo inteiramente. Sei que há um autor por trás daquilo tudo e isso me basta."

"Se eu vier a conhecer pessoalmente um desses fakes que pululam por ai e me decepcionar, não vou me incomodar muito. É como se estivesse sendo apresentado a Mozart (que dizem ter sido uma besta frívola e ignorante): como pessoa pode ter sido um saco, mas sua obra permanece cativante e genial. Meio como esperar que o Cartola fosse, ele mesmo, uma rosa falante." 



















Idade

"Sinto-me tão bem na minha idade, o tempo me devolveu muitas coisas que havia esquecido na minha infância. Tenho a impressão de que, a qualquer momento, alguém irá me perguntar o que vou ser quando crescer."


Mudanças

"Quanto mais eu mudo, mais parecido comigo eu fico."

"Se nada muda, o tempo é desnecessário"
  (Marcelo Gleiser)


Poesia

"Poesia é droga, provoca um estranho estado alterado de consciência: fascinação, sortilégio, alquimia, transforma alegria em pureza, dor em beleza, realidade em encantamento. Sou viciado nessa marijuana..."

"Entre os dogmas da fé e as leis da ciência, há uma dobra sutil onde a poesia acontece. Somente um olhar que está além dos fatos e antes dos milagres é capaz de reconhecê-la."



Viver a Vida


“É politicamente incorreto? Pecado? Proibido? Não resisto: dentro.”

“A ânsia de ser correto, a prudência em excesso e a negação dos nossos estranhos desejos, tornam a vida talvez mais segura, porém seguramente mais entediante.”

“É melhor dar três chacoalhadas e correr o risco de ser mal interpretado, do que ficar com aquela sensação de umidade na alma.”

“Não carrego pedras, não tenho pesos em excesso. Minha vida é leve, meu tempo transcorre sem muito esforço. Talvez seja miopia ou o véu diáfano da ignorância, mas todos os momentos que recordo, mesmo os mais dramáticos e angustiantes, parecem-me de uma beleza sem par na memória dos meus instantes. Acho que as pedras foram ficando, nem ao menos cheguei a juntá-las para levar. Por preguiça, desprezo, não sei, acho que eu sou assim mesmo.”

“Para o atleta de ponta, cada passo em direção ao salto é uma decepção. Nenhum deles será perfeito, pois sempre haverá o que melhorar. É dessa consciência, constância e dedicação a cada passo que se extrai a melhor performance possível no salto final. A vida é igual.”

“Você é o autor da sua história? Vale ser autor de improvisos? Inserir cacos no texto alheio? Dada a cena, viver com talento a peça independente do papel?
Então sim, sou eu que digo as falas e eu que as crio a cada ato. Mas o cenário, este muda a cada instante, o iluminador é demente, personagens vão e vem sem previsão, não existe direção, a música é um acidente e a platéia, esta vaia e aplaude quando não se esvazia repentinamente. O que eu sou? Autor de história? Não tenho a mínima idéia, deixo isso para a crítica. Estou muito ocupado sendo.”

“Eu estou bem, trabalhando muito e feliz com isto. Acompanhando meus filhos ganharem a vida e feliz com isto. Vovozando um tanto e feliz com isto. Amando as pessoas que amo e feliz com isto. O resto é merda, mas a gente caga todo dia e também estou feliz com isto.”

“Quer pecar? Perfeito. Mas peque com convicção e honestidade.”


"Faça de cada momento algo útil; se não for útil, que seja belo; se não for belo nem útil, que seja muito, muito gostoso".


Deus & Religião

“... o tempo engendra a morte, e a morte gera os deuses e, cheios de esperança e medo, oficiamos rituais, inventamos palavras mágicas, fazemos poemas...”
(Mario Quintana)

“Acredito que deus, qualquer deus, é eterno, sim. Acredito que seja necessário e sempre será. Terá sempre a dimensão da nossa ignorância e, na sua esfera, nossos desejos impossíveis, nossos medos, nossos segredos, nossos mistérios.”

“Religiões são organizações criadas pelo homem, que se apoderam do carisma de personagens e mensagens, para constituir uma cadeia de poder, dominação e lucro. O que a Igreja Católica, as vertentes evangélicas de quase todos os naipes e outras derivações cristãs pregam, e fazem, nada ou muito pouco tem a ver com o que Jesus de Nazaré pregou, tenha ele divindade ou não. O mesmo vale para muitas escolas budistas, que, com menos voracidade mas de igual forma, se apoderaram dos ensinamentos de Sidarta Gautama. E o que a fé muçulmana prega, com suas virgens e jihads, nada mais procura do que manter a idade média no mundo.



“Acreditar na existência de Deus é ter fé. Não acreditar é ter fé também. E fé é individual, chega-se a ela de dentro para fora e não ao contrário. Eu, por exemplo, não acredito em Deus, mas vivo divinamente.”

“Só não entendo mesmo é a enorme dificuldade
  de se aceitar o inexplicável no mundo.”

“Discutir se Deus existe ou não, é coisa de burro com tédio; tão patético e inútil quanto uma farmácia sem remédio.”


Dia Internacional da Mulher 2011




.......................................................................
* Este volume será atualizado de tempos em tempos com
  novas postagens.
........................................................................
* Meu amigo ou amiga: caso vá copiar algo deste blog seja 
  uma pessoa decente, adicione o devido crédito a quem o
  desenhou e escreveu. Adicione: aluiziocasali.blogspot.com
........................................................................
* Seu comentário será bem recebido, sinta-se a vontade para 
  criticar, elogiar ou apenas dizer que passou por aqui.
........................................................................
* Obrigado, volte sempre.

6 comentários:

Pandora disse...

...em cada uma encontro um plural cujo coletivo é única."
.
tenho esta bem guardada.

MEU MOMENTO COM VOCÊ disse...

Caríssimo amigo,

Entendo tão bem o "seu ser" e o "seu pensar"!

Creio já termos pecados suficientes para fundarmos nossa própria religião!

Um forte abraço!

Rose Я disse...

"O Ser é nada se em cada palma não há alma".
(Aluízio Casali)

Soninha disse...

Depois "nós" é que te azucrinamos, é...?

Soninha disse...

Depois "nós" é que te azucrinamos, né...? Seu provocador profissional! hahaha

Unknown disse...

'...tem um espinho latejando bem no meio do meu sossego"